preloader

Reabilitação pós reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior

  • Home
  • -
  • Orientações Médicas
  • -
  • Reabilitação pós reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior
 Reabilitação pós reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior

Pós operatório até o 1º mes

Primeiro mês

Os objetivos principais no primeiro mês após a reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior são o controle da dor e do inchaço, a recuperação da mobilidade do joelho, voltar a andar normalmente sem as muletas e minimizar a perda de musculatura.

Curativo

Após a cirurgia, o paciente sai do centro cirúrgico com um curativo em toda a perna, que ajudará a evitar o acúmulo de sangue dentro do joelho e poderá ser retirado após 24 horas da cirurgia.

Recomenda se curativo de 2 em 2 dias em unidade hospitalar caso utilizar curativo especial oriento curativo semanal.

Os pontos serão retirados após aproximadamente três semanas após a cirurgia.

Muletas

Serão mantidas por 3 semanas .

Medicamentos

– Antibióticos: prescritos com a finalidade de prevenir a infecção do sítio operatório.

– Anticoagulantes: prescritos para evitar a Trombose Venosa Profunda.

– Analgésicos: têm a finalidade de combater a dor e geralmente são prescritos analgésicos leves (Tylenol e Dipirona, por exemplo). Caso não sejam suficientes, são usados analgésicos mais fortes como medicações de resgate.

– Anti-inflamatórios: usados para tratar o edema e a resposta inflamatória inicial. Idealmente não devem ser usados por mais do que 3 a 5 dias.

Gelo

O uso de gelo por 30 minutos a cada duas horas é uma prioridade nos primeiros 3 a 5 dias. O gelo ajuda no controle da dor e do inchaço e isso é fundamental para se evitar uma maior inibição do quadríceps.

Exercícios de reabilitação / fisioterapia

Mobilização do tornozelo

Será iniciada a fisioterapia após a 1 semana porem o paciente poderá realizar estas orientações em casa

A mobilização do tornozelo e pé, contrair a coxa como na figura abaixo (A) e para movimentar a perna operada colocar a perna sadia por traz e movimentar a perna como orientado (A) realizar 30 vezes 3 a 4 vezes por dia .

 

 

(*Só realizar o exercício B após 3 semanas, exercício D quando liberado na fisioterapia . Não realizar na primeira semana )

 

 

Alimentação

Após a cirurgia, não há nenhuma restrição do ponto de vista alimentar. Ainda assim, principalmente no caso de atletas competitivos (não necessariamente profissionais), o acompanhamento com um nutricionista é recomendável. 

Principalmente no período inicial de recuperação, o gasto energético com atividades físicas diminui bastante e, se não for feita uma readequação entre consumo e gasto energético, há uma tendência de ganho de peso que pode ser determinante para o rendimento esportivo no momento do retorno.

Voltar a dirigir

Dirigir não irá afetar o resultado da cirurgia, mas a falta de controle na perna pode colocar o paciente em risco de acidentes. O tempo necessário para voltar a dirigir é normalmente 4 semanas .

Retorno ao trabalho

O retorno ao trabalho após a cirurgia de reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior depende da atividade profissional de cada paciente e deve ser discutido caso a caso com o médico.

A primeira semana após a cirurgia exige maior dedicação para a recuperação, incluindo a aplicação frequente de gelo, elevação da perna operada e uso de muletas. Assim, a maior parte dos pacientes fica afastada das atividades profissionais neste período.

A partir da segunda semana, pacientes que trabalham sentados e conseguem manter a perna levantada em parte do tempo e que tenham a possibilidade de reduzir o tempo total no trabalho, incluindo-se aqui o período de deslocamento, muitas vezes são capazes de retornar.

A maior parte dos pacientes são capazes de retomar suas rotinas entre 2 e 8 semanas após a cirurgia, a depender dos fatores discutidos acima.

No entanto, pacientes que exerçam atividades com risco de queda (construção civil, por exemplo) ou que necessitem de um esforço físico mais intenso, mesmo que eventual, podem precisar de quatro meses ou mais de afastamento. É o caso de seguranças e policiais.

Por fim, atletas envolvidos com esportes que demandam mudanças de direção e contato físico frequentes podem precisar de 7 a 9 meses para retornar.

2 e 3 meses

Manter a fisioterapia

Liberado para Hidroginástica, caminhar dentro da piscina .

3, 4 e 5meses

Liberado para caminhadas  em linha reta.

correr apenas em esteira

Natação

Fortalecimento muscular

6º mês

Fortalecimento muscular

Academia sem restrição

Liberado para corridas de rua .

7º mês

Liberado para atividade esportiva.